Tipos de backup: qual o ideal para o minha organização?

Tempo de leitura: 3 minutos

Computadores e outros aparelhos eletrônicos armazenam milhares de dados considerados importantes.

Como não usamos estas ferramentas somente para questões pessoais, imagine como é difícil para uma empresa não perder nenhum desses arquivos.

Para garantir que seus dados sejam armazenados de forma segura, as organizações recorrem ao backup. No entanto, não existe apenas uma forma de fazer a cópia desses arquivos.

Há anos, as empresas encaram o termo com extrema importância, afinal, esse processo evita prejuízos e perdas inestimáveis a ela.

Como já dito, não existe uma única forma de realizar o backup em sua empresa. Por isso, é essencial conhecer as formas que esse processo pode ser feito e qual se encaixa melhor as suas necessidades. Acompanhe o texto e entenda:

Por que a sua empresa precisa de um backup

A ideia de armazenar dados através de um backup garante muito mais segurança aos dados das empresas.

Ao passar por alguma situação que atrapalhe sua rotina, a empresa pode ter serviços e processos interrompidos.

Sem o backup de dados, talvez a empresa não consiga restaurar esses arquivos. Assim, ela pode perder desde e-mails a dados importantes de clientes, o que geraria um prejuízo incalculável.

Então, ao fazer o backup em sua empresa, garantirá que tudo que é armazenado nos computadores estarão muito bem guardados.

Qual o tipo de backup ideal

Não há uma regra que defina qual o melhor backup para você, mas a empresa precisa entender qual a sua necessidade em relação ao processo. Sabendo disso, fica muito mais fácil escolher o método

.

Existem alguns tipos de backup, selecionamos aqui os principais e mais relevantes.

Armazenamento Doméstico: Esta é a forma mais simples e convencional. Basicamente, os dados da sua empresa serão armazenados em uma mídia externa, como um HD, por exemplo.

Se encaixa melhor para empresas de pequeno porte ou profissionais autônomos, já que o investimento é mais simplório.

Full ou Completo: Esta opção também é básica, mas bem mais completa que o doméstico. Serão feitas cópias de tudo que é armazenado nos computadores e transferido para um conjunto de mídia, que pode ser o HD externo também.

A empresa pode definir se os dados serão copiados diariamente, por semana ou pelo tempo que preferir.

Incremental: Por ser mais eficaz, é o tipo recomendado para grandes corporações, uma vez que consegue armazenar um alto volume de dados. O backup incremental é feito após o completo, então é uma complementação.

Esse processo garante ainda mais agilidade no desempenho dos sistemas.

Diferencial: Nesta modalidade, o custo do backup depende, exclusivamente, da quantidade de dados. Caso, seja um volume muito expressivo, a empresa precisará desembolsar um valor mais alto, do contrário, será um serviço econômico.

É por esse fator que é indicado para organizações de pequeno a médio porte.

Os dados de backup passam para uma cópia de segurança, como uma nuvem. O nome diferencial é porque ele cópia apenas dados não encontrados em atualizações anteriores, evitando duplicidade.

Agora que você conhece os principais tipos, já sabe qual é o mais adequado para a sua empresa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *