Como a virtualização otimiza a performance de TI da sua entidade

Tempo de leitura: 3 minutos

Uma infraestrutura de TI é composta principalmente por hardware, software, redes e banco de dados. Essa infraestrutura é responsável por gerir grande parte do funcionamento operacional da empresa. Por esse motivo, muitas máquinas físicas são mantidas funcionando. Entretanto, manter data centers locais e outros hardwares funcionando dentro da sua empresa nem sempre será sinônimo de agilidade e alta performance.

Assim como tem sido tendência descentralizar os data centers para outros locais, inclusive em provedores terceirizados na nuvem, a virtualização também é uma tendência. Em poucas palavras, a virtualização permite que vários sistemas operacionais sejam executados ao mesmo tempo em um único servidor físico, simulando assim, as máquinas virtuais (VMs).

Confira agora como a virtualização otimiza a performance de TI da sua empresa. Os benefícios vão desde a simplificação da rotina operacional, até a confiabilidade, segurança, alta disponibilidade e economia.

Gerenciamento centralizado
Como a virtualização utiliza um mesmo hardware para o funcionamento de mais de um sistema operacional, permite a economia de espaço físico e também de gastos com energia elétrica e resfriamento.

O princípio da virtualização dos servidores é tornar um equipamento mais eficiente. De acordo com Fábio Rodrigo Albuquerque da Silva, especialista em gestão de TI, utiliza-se até 85% da ociosidade do equipamento para suprimento das necessidades da instituição quanto a utilização de servidores. Máquinas virtuais são criadas para simular a réplica de uma máquina real em funcionamento.

Com mais servidores em funcionamento em um mesmo equipamento, simulando uma máquina real, fica mais fácil utilizar uma plataforma de gerenciamento centralizada e de alta performance.

Desempenho superior
A virtualização dos servidores traz mais praticidade para a infraestrutura de TI da empresa, apresentando melhor desempenho em relação aos servidores físicos. O tempo de resposta de um servidor virtual tende a ser mais rápido.

Considerando que os dispositivos de armazenamento estão no mesmo lugar do sistema, os backups de segurança podem ser executados de modo mais ágil e em um único processo. Em caso de necessidade de restauração do sistema, os arquivos poderão ser executados com facilidade.

O tempo de parada para manutenção diminui porque as máquinas virtuais podem ficar em espera antes de uma parada, enquanto máquinas não virtualizadas exigem a interrupção do sistema por algum tempo.

Disponibilidade e segurança
A alta disponibilidade não é prioridade de um software ou hardware específico, mas sim de mecanismos que detectam, mascaram e recuperam falhas. Quando existe um gerenciamento centralizado, a administração dos serviços se torna mais automatizada e uma vez podendo criar servidores conforme a demanda, aumenta a disponibilidade de serviços.

Em relação à confiança e disponibilidade, quando um software falha, ele não prejudica outros serviços porque trabalhando com a virtualização de servidores é possível definir diferentes níveis de acesso para os usuários. Assim como isolar as máquinas virtuais de maneira independente das demais, inclusive da máquina hospedeira.

Quando uma empresa opta por realizar a virtualização de servidores, esses benefícios apresentados e mais outros, trazem um impacto positivo para os seus negócios. Os servidores virtuais proporcionam economia de tempo, espaço e dinheiro, otimizando os recursos e simplificando a infraestrutura de TI, auxiliando no gerenciamento centralizado das informações da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *