Proteja sua organização de ataques virtuais em 6 passos

Tempo de leitura: 4 minutos

De acordo com um relatório publicado pela Symantec, o Brasil é um dos países que mais promovem ataques virtuais ao redor de todo o mundo. Dessa maneira, ele fica em 7º lugar no ranking em ameaças de Ransomware, 4º lugar nas de Malware e 8º nas de Phishing.

Tudo isso é um alerta grave que respalda ainda mais a importância de se proteger a sua corporação e garantir o bem-estar da sua máquina e dos seus dados confidenciais. Por este motivo, independentemente de quão grandiosa ou pequena seja sua empresa, ela ainda pode estar sob a mira de hackers e, muitas vezes, pode estar particularmente suscetível a violações e outros prejuízos.

Logo, diante de um cenário como este, conheça os principais passos para proteger a sua corporação destes delitos virtuais e implemente já as nossas sugestões no seu dia a dia. Confira:

Estratégias contra os ataques virtuais

Criptografe suas informações

Uma estratégia eficaz de proteção contra crimes cibernéticos deve consistir em dois elementos: impedir o acesso físico a dados confidenciais e tornar esses arquivos inúteis caso caiam em mãos erradas.

Para tal, a criptografia continua sendo a solução mais eficiente para violações de informações e, por esta razão, vale a pena certificar-se de que todos os arquivos confidenciais (incluindo informações de clientes e de funcionários) passem por este processo.

Faça backup dos seus dados

Fazer backup de todos os seus dados é mais uma forma importante de se proteger contra as violações de segurança. Afinal, com hackers de ransomware bloqueando os sistemas de empresas, criptografando seus dados e pedindo um resgate pela liberação, você poderá ficar um passo à frente destes indivíduos ao tomar esta iniciativa.

Isso porque, fazendo o backup destes arquivos e armazenando-os separadamente, você não ficará sob a ameaça de qualquer criminoso e ainda terá a garantia de que suas informações estão asseguradas em outro dispositivo que não seja a máquina.

Eduque sua equipe sobre os perigos

O comportamento dos funcionários é uma das causas mais comuns de ataques virtuais, pois muitos não reconhecem as ameaças externas quando elas ocorrem ou não têm um bom entendimento das ações cotidianas que podem deixar uma empresa vulnerável.

Portanto, é mais impactante ensinar aos colaboradores como usar seus dispositivos de trabalho e também os pessoais, a fim de a minimizar o risco de invasão.

A ideia é educá-los sobre os riscos associados ao uso de redes não seguras para acessar informações de trabalho e isso deve incluir definições claras deste conceito, além também workshops abrangentes sobre o tema.

Use um software anti-malware e um firewall

Uma pesquisa da Entrepeuner apontou que o crime cibernético mais comum experimentado nos Emirados Árabes é a infecção por malware, responsável por 53% de todos os ataques virtuais sofridos no país. E isto, caro leitor, não é diferente no Brasil.

Com o ransomware apresentando-se como o risco de segurança cibernética mais prevalente para as empresas da atualidade, proteger-se contra estas ameaças é vital.

Para isso, por mais que seja clichê, invista em ferramentas antivírus e anti-malware que consigam capturar e isolar o vírus do software quando eles atacam, evitando que entrem em seu banco de dados.

Ademais, investir em um firewall otimizado é fundamental para evitar que um malware entre em seus sistemas de computador. E com as ameaças à segurança cibernética mudando em um ritmo rápido, sempre preste atenção para atualizar as notificações e executá-las assim que estiverem disponíveis.

Essas atualizações são feitas em resposta às ameaças cibernéticas mais recentes e são, portanto, uma ferramenta fundamental na luta contra os ataques cibernéticos.

Proteja seu hardware

Com tanta atenção dada à aquisição dos mais novos e sofisticados tipos de software de segurança cibernética, a proteção do hardware da empresa costuma ser negligenciada – o que pode ser um problema!

Tenha em mente que as violações de dados normalmente ocorrem devido a equipamentos roubados. Portanto, proteger o seu hardware é uma estratégia fácil para melhorar a cibersegurança da sua corporação contra uma ameaça iminente.

Solicite ajuda especializada

Se você acredita que não possui as ferramentas necessárias para lidar com esta questão ou que precisa de ajuda profissional para combater as ameaças, entre em contato conosco.

Se você se interessa pelo universo tecnológico ou tem uma empresa que está começando agora a implementar estratégias de Tecnologia da Informação, acesse o nosso site e nos siga no Facebook|Instagram para sempre ficar por dentro de novos conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *