É hora de migrar para a nuvem?

Tempo de leitura: 3 minutos

Desde o início da computação, uma das preocupações é a questão do armazenamento, quanto de memória tem o computador? E o celular? O fato é, quando entendemos a potencialidade de guardar conteúdos de mídia, documentações, programas, dados de empresa, tudo em forma digital, o empenho de tornar essa armazenagem menor em tamanho e maior em capacidade se tornou prioridade. E é assim que surge a utilização do armazenamento em nuvem!

Aliado a isso, temos um crescimento exorbitante da velocidade e largura de banda das conexões a internet. Para exemplificar a diferença dos termos, largura de banda é a quantidade de informação que passa pela sua rede por segundo, já a velocidade é o tempo que demora para um pacote de dados ir do ponto A (sua casa) ao ponto B (servidor).

Com esses dois conceitos em mente, o paradigma de armazenamento em nuvem nunca esteve tão em alta. Seus dados disponíveis em qualquer lugar do mundo, a alguns cliques de distância. Entretanto, muitas pessoas tem o receio de investir para migrar totalmente para a nuvem. A sensação de ter em mãos os dados é confortante e, para muitos, mais seguro. Os especialistas, ao contrário, se contrapõem, declarando que guardar na internet, os seus dados estão mais seguros, por uma série de motivos. Portanto nesse artigo responderemos: É hora de migrar para o armazenamento em nuvem?

Vantagens de armazenar na nuvem

As vantagens de migrar sua empresa para a nuvem, são inúmeras, citaremos a seguir apenas algumas delas.

• Melhor custo financeiro: Toda empresa que tem sua gestão de dados computadorizada, mais cedo ou mais tarde terá de realizar um backup, e como se sabe, os equipamentos necessários são caros, mas como estará tudo disponível online, o custo será apenas de manter a mensalidade do provedor de armazenamento em nuvem.

• Melhor aproveitamento de espaço físico: Como tudo será colocado em redes externas, em computadores conectados de provedores, os quais você pagará uma taxa, pode ser utilizado as salas de computadores para outros fins.

• Mais segurança: O provedor garante a segurança dos seus dados, com os melhores protocolos e profissionais. Como não haverá dados naquele local, tornará os ataques cibernéticos inviáveis.

• Facilidade de acesso: Trabalhando a gestão de dados dessa forma, os funcionários responsáveis podem ter acesso de casa, criando rotas específicas, pode tornar o serviço mais rápido e eficiente. Caso a energia caia, por exemplo, qualquer conexão a internet é capaz de acessar os arquivos e realizar os trabalhos necessários.

• Em caso de incêndios, estragos naturais, ou qualquer outro motivo que poderia deteriorar os dados em uma sala reservada, estão fora de jogo. Com o armazenamento em nuvem, tudo é rapidamente recuperado, utilizando qualquer conexão.

• Compartilhamento eficiente: Quantos problemas ocorrem pela dificuldade de transferir arquivos grandes? Com esse tipo de armazenamento é só compartilhar pela plataforma do provedor, rápido e fácil.

Conclusão

Dito isso, fica claro que é muito mais vantajoso migrar para o armazenamento em nuvem. Os benefícios são inúmeros e a tendência do mercado é a democratização do modelo, portanto o investimento será inevitável.

Gostou e quer ficar por dentro de todos os conteúdos? Acesse o nosso site e nos siga no Facebook|Instagram para sempre ficar por dentro de novos conteúdos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *